TAREFA DE CASA É COISA SÉRIA

Pode parecer algo muito simples e sem grande importância, mas a tarefa que seu(sua) filho(a) leva para casa na Educação Infantil representa um meio fundamental para o desenvolvimento dos hábitos de estudo, da autonomia e da auto-estima.
Quando os pais valorizam aquilo que o filho faz e aprende na escola, a criança se sente querida, compreendida e motivada a aprender. Além disso, criar em casa um espaço e um momento especiais para a realização das tarefas é uma forma de ensinar a criança sobre a importância da disciplina, da organização e do hábito de estudar.
Quando os adultos executam as tarefas no lugar dos filhos, acabam comunicando que eles (filhos) não são capazes de fazer bem, o que pode gerar uma dependência excessiva do adulto. Ao contrário, quando não participam da execução nem da verificação da atividade, deixando a criança sem nenhuma intervenção, acabam comunicando que não vêem importância naquele trabalho, pois “o que ela fizer está bom”.
Deve-se então buscar um ponto de equilíbrio, ou seja, os pais precisam mostrar seu interesse pelo que o filho está aprendendo e fazendo na escola, assim como pelas tarefas que leva para casa, questionando a criança, refletindo com ela sobre a melhor forma de fazê-las, incentivando-a e acompanhando-a, mas não fazendo por ela. É claro que, muitas vezes, numa pesquisa ou atividade que exija o manuseio de um material menos apropriado para os pequenos, o adulto pode participar junto, mas a criança precisa estar integrada neste processo.
Caso a tarefa não fique tão “perfeita” aos olhos do adulto, tenha a segurança de que a beleza da aprendizagem está no processo de construção e não no produto final!

Alessandra Janz Cheron
Psicóloga Escolar